Humbolt ganha ouro no InterBand

Por Caio Dib

IMG_8347Neste Domingo, o colégio Humbolt venceu o Vértice por 2 sets a 0 no voleibol juvenil feminino. As parciais foram 21×11 e 21×12. Com a vitória, a equipe levou o ouro do InterBand.

No início do primeiro set, o Vértice fez uma série de pontos, muitos por erros dos adversários. Entretanto, as jogadoras do Humbolt começaram a acertar defesas e ataques e mudaram a cara da partida.

Mesmo com um jogo com vários erros de ambos os lados, os técnicos estavam calmos. “Minha equipe não treina regularmente. As meninas estudam todos os dias até as 19h”, explicou Marco Botteon, técnico do Vértice. A jogadora número 11, Natalia Orfali, disse que há treino uma vez por semana, mas que a maioria das jogadoras não pode comparecer. O técnico do Vértice complementou: “antigamente eu era um técnico do estilo ‘Bernardinho’, mas não posso exigir delas se não conseguimos fazer treinamentos”.

Confira algumas fotos do jogo:

Band leva o bronze no juvenil feminino de Vôlei

Por Isabella Alchorne

7

O Colégio Spinoza mostrou seu jogo, mas o Band levou a medalha de 3º colocado da categoria voleibol juvenil feminino. O resultado final foi de 2 sets a 0, com as parciais de 22×20 e 21×8.

“Tira saque!”, “Vamos time!” eram os gritos que mais se ouviam das atletas. As meninas de ambos os lados incentivaram muito os seus times, uma demonstração de sentimento de equipe.

Arqui vence Band e leva bronze

Por Amanda Cestaro e Naomy Stankevicius

Hoje aconteceu a disputa pelo terceiro lugar da categoria mirim de handebol feminino entre Arqui e Band. O jogo terminou com o placar de 19×9 para o Arqui. As jogadoras, tanto do time adversário quanto o da casa, saíram com sorriso no rosto e fazendo brincadeiras entre si.

Carolina Chung e Thalita Deak

Carolina Chung e Thalita Deak

O clima descontraído se deve justamente a amizade entre as meninas que participaram. As jogadoras Carolina Chung, do Bandeirantes, e Thalita Deak, do Arquidiocesano, disseram estar ansiosas para competirem, já que jogavam juntas no mesmo time pelo Arqui antes de Carolina transferir-se para o Band. “É um campeonato bem legal. Essa é uma boa oportunidade para a confraternização entre os colégios.”, disse Carolina, a respeito do InterBand.

A técnica do Arqui, Renata Ferreira, satisfeita com o título, definiu suas jogadoras como determinadas e afirmou já esperar pelo resultado. “As meninas, treinam juntas há seis anos e estavam bem preparadas, confio no meu time”, disse. E quando questionada a respeito dos seus próximos planos, reponde: “O Nosso objetivo é ganhar a Oliarqui (campeonato semelhante ao InterBand do colégio) e a Liga de Handebol”.

Diário de uma campeã: destaque da equipe de hand escreve para o Blog

Por Elis Jazzar

441Elis Jazzar está no primeiro ano do ensino médio do colégio Bandeirantes e foi o destaque de sua equipe na final de handebol infantil feminino. O Band venceu o Pinheiro por 12×7, em um jogo disputado. As atletas do Band jogaram com garra, principalmente após lerem uma carta que uma ex-atleta (que se formou no colégio) enviou para motivá-las no jogo da final. Confira a carta clicando aqui. E veja o que a destaque da equipe vencedora tem a dizer sobre a partida:

A gente ganhou o campeonato do Lourenço Castanho semestre passado. Depois dessas férias, várias meninas que foram muito importantes pras nossas vitórias saíram do time, desistiram de jogar na equipe. No inicio do ano eram 14 meninas e só sobraram 8.

Mas a nossa vontade de ganhar, e principalmente o InterBand, era maior que tuuuudo. A gente pediu ajuda pra equipe mirim. A Carolina Chung agora está treinando em dobro só pra termos uma ponta esquerda! A gente queria muito dar o tetra pra Camila, nossa técnica (e ganhar é claro).

Essa final foi suuuper equilibrada com dois ótimos times em quadra. Nós chegamos a conclusão de que o vencedor do jogo seria o time que errasse menos! Mas eu acho que duas coisas foram muito importantes pra nossa vitoria: a vontade de ganhar e a nossa recuperação a cada gol que a gente tomava.

Não abaixamos a cabeça em nenhum momento e isso é fundamental em qualquer esporte. Tendo feito gol ou não nesse ultimo jogo, o time todo ganhou e é campeão. Todas nós fizemos parte dessa vitória que a gente nunca vai esquecer!


Premiação animada

Por Lara Soares de Freitas Deus

As meninas do futsal infantil feminino do Bandeirantes ganharam o jogo final contra o Sagrado Coração de Jesus por 2×1. A equipe se destacou até na cerimônia de entrega de medalhas, quando mostrou muito entusiasmo.

Meninas do CEB vão para disputa do terceiro lugar

cebxpueri

Por Breno Silva e Ulysses Faria

A equipe do Centro Educacional Brandão venceu o Pueri Domus por 8×2, pelo futsal mirim feminino. Com esse resultado, o time se classificou para a decisão de terceiro lugar do InterBand.

Entretanto, a atuação do CEB foi digna de uma final. Com destaque para as jogadoras Ana Carolina, camisa 8, e Maria Fernanda, camisa 9, que foram comparadas com Neymar e Ganso, do Santos. Nisso, a suplente Maria Aparecida concorda: “Dadas as devidas proporções, dá pra comparar”.

O jogo foi dominado com um bom posicionamento e bom aproveitamento de posse de bola e oportunidades do CEB, que impediu quase todas as oportunidades ofensivas da equipe do Pueri Domus.

Superação

Por Caio Dib

As meninas do pré-mirim de handebol do colégio Bandeirantes nunca tinham ganhado um jogo. No InterBand, ganharam as três partidas que disputaram e, depois de uma difícil vitória contra a Escola da Vila, por 9×8, estão na final do campeonato. Confira as fotos e, em breve, o podcast com o técnico d Band, Freddy Liberato:

Mesmo vencendo, handebol mirim do Band não vai para a final

Por Amanda Cestaro e Naomy Stankevicius

Mesmo vitoriosas, as jogadoras do time de handebol mirim do Band admitiram não se sentir completamente satisfeitas como resultado de 14×06 contra Colégio Rio Branco, na partida de hoje.

“Precisávamos de um saldo de 11 gols para que pudéssemos ir para a final, disputando o primeiro lugar”, informou a técnica Camila de Oliveira, decepcionada por não ter conseguido chegar à final.

O jogo contra o Arquidiocesano na batalha pelo terceiro lugar é, agora, o principal foco. Depois disso, o time partirá para o campeonato da Móbile, pelo qual a equipe se mostrou ansiosa. “Será a nossa primeira participação nesse torneio, então queremos aproveitar ao máximo o que aprendemos com os erros que cometidos no InterBand para obtermos uma melhor performance”, comentou a técnica.

Confira as fotos:

Band vence jogo disputado

Por Breno Silva

Interband dia 21 017O Band venceu nesse sábado o colégio Móbile no pré-mirim feminino de handebol por 4×3 em um jogo emocionante e indefinido até o fim da partida.

“Foi a 1ª vitória da carreira dessas atletas e ninguém sabe o que essas jogadoras passaram” conta Freddy Liberato,  técnico do Band.

Já para Ana Luiza Araújo e Désirée Brissac, do Móbile, “faltou apenas a vitória, já que as oportunidades apareceram”. As atletas acreditam que o placar refletiu a partida, uma vez que foi um jogo disputado.