Pré-mirim do Mazzarello é campeão no Voleibol

Por Isabella Alchorne

9Na final do voleibol pré-mirim masculino, o Colégio Mazzarello venceu o Colégio Bandeirantes por 2 sets a 0. As parciais foram 21×19 e 21×14. Os meninos do Mazza, ao final do jogo, estavam tão animados que deram peixinho e várias voltas olímpicas ao redor da Quadra 2.

“O time já jogou o InterBand ano passado como pré-mirim, o que os trouxe maior experiência em algumas situações do jogo”, disse o técnico do Mazzarelo, Cláudio Lopes. Mesmo assim, o treinador não nega que o jogo foi disputado. E quando perguntamos sobre o clima de domingo, ele respondeu: “o sol atrapalha a todos, isso é um problema, porém nenhum sai prejudicado já que ambos os lados têm que enfrentá-lo.”

Confira a entrevista com o técnico, Luiz Domingos, do Bandeirantes:

Blog: O que você achou do jogo?

Luiz: O time do Mazzarello é um time já vem treinado há bastante tempo. Alguns meninos já são mais desenvolvidos, mais maduros para jogar voleibol. Nosso time é formado esse ano. Mas para mim, o jogo foi ótimo, apesar da pouca experiência que os atletas da minha equipe apresentam. Mesmo com a derrota, acredito que eles evoluíram bastante desde o início do ano e acredito que melhorarão ainda mais.

Blog: O que você acha que poderia ter ajudado o time? Pois a parcial do primeiro set foi de 21X19, ou seja, foi bastante apertado. O que o senhor acha sobre isso?

Luiz: A inexperiência gera o nervosismo. E isso trás insegurança, e, com isso, algumas ações do jogo se complicam. Saques, defesas em algumas situações, e fazer o ataque são mais difíceis com nervosismo. Esses são fatores que, para alguns inexperientes, afetam muito.

Blog: Para finalizar, faremos a mesma pergunta que fizemos para o técnico do time adversário: você acha que se não estivesse tanto sol, o time apresentaria um melhor desenvolvimento?

Luiz: Um sol na cara atrapalha um pouquinho. Mas como treinam nesse horário isso não foi um problema.

Em jogo difícil, Mazzarello vence Rio Branco

Por Maria Carla M.

Ontem o Mazzarello venceu o Rio Branco por 3×2 no futsal infantil masculino. O jogo foi bastante disputado, percebendo o empenho dos jogadores das duas equipes.

Segundo o técnico do Mazzarello, Claudio Feliz, o time jogou com vontade. “Os meninos estavam atentos” disse. Além disso, o treinador também afirmou que achava que tinha condições de ganhar, mas que sabia que o jogo seria disputado pois as duas equipes são boas.

No vôlei, Mazzarelo vence Santi em jogo apertado

Por Marie Cabianca e Marina Kosa

O colégio Mazzarelo venceu a escola Santi no vôlei mirim masculino em jogo acirrado. O placar foi de 2×0 para o Mazzarelo, com parciais 21×15 e 21×15.

4906307522_f75a1375eb_z

Untitled-1Ambos os times têm histórico de invencibilidade no InterBand. Essa é sua segunda participação do Mazzarello no torneio e o colégio não perdeu uma partida sequer.

Os jogadores do time vencedor nos cederam uma entrevista e declaram que estão confiantes para os próximos jogos. Um dos destaques da partida, o aluno do Mazzarello Breno Fabri, com seu 1,95m, disse que a altura é um fator importante e que se aproveita disso para cortes e saques.

Conira mais fotos clicando aqui.

Os últimos serão os primeiros

handebol2009_04[1]

Por Ulysses Faria

A partida de handebol infantil feminino entre Escola da Vila e Mazzarello quase não aconteceu. A equipe do Mazzarello chegou faltando 4 minutos para o início da partida. Mesmo assim, o jogo foi disputado: 8 x 5 para o time que chegou atrasado.

Apesar disso, a técnica da Escola da Vila, Tarcila Proto, não acreditava em partida fácil. Do outro lado, Eduardo Félix, do Mazzarello, disse que o ocorrido tirava a concentração das jogadoras.

Mas, apesar do atraso, o Mazzarello atacou a equipe adversária com insistência e contou com uma marcação forte. A partida não foi fácil, pois, com a posse da bola, a Escola da Vila sempre levou perigo à goleira do Mazzarello. Terminada a partida, Eduardo disse: “Percebemos logo o jogo do adversário”, para justificar a vitória.

De virada

Por Ulysses Faria

Quem assitiu apenas ao primeiro set da partida de vôlei infantil feminino entre Bandeirantes e Mazzarello não acreditaria no resultado final.

O primeiro set foi vencido pelo Bandeirantes por 21×11. As jogadoras estavam ligadas na partida e buscaram a vitória o tempo todo.

Na virada do primeiro para o segundo set, a jogadora Juliana Leite, do Bandeirantes, disse: “Dá pra ganhar, só falta concentrar mais”. E ela estava certa. O Bandeirantes perdeu o segundo set por 21×19, na pura falta de atenção.

Mas o pior ainda estava por vir. O terceiro set, vencido pelo Mazzarello por 15×6 mostrou que o impacto de perder o segundo set foi grande. Após o jogo, a técnica do Bandeirantes, Agnes, declarou: “Faltou treinar”. E foi embora irritada.