Villare ganha bronze no Mirim

Por Bárbara Ribeiro

A disputa pelo terceiro lugar de handebol mirim masculino entre os colégios Vilare e Móbile começou muito equilibrada e teve altos e baixos. No fim, os jogadores do Villare conquistaram o bronze, com uma vitória de 21×13.

O colégio Villare jogou com uma estratégia de bola muito rápida, já o Móbile, apelou para uma bola muito bem trabalhada, mas com lançamentos fracos.

O goleiro Nicholas Smaal, Móbile, deu um susto logo de início, após defender uma bola muito forte, acabou se chocando com um adversário e se machucando. O técnico, ao ajudar o goleiro, o incentivou a continuar, mas Nicholas alega que a sua motivação maior foi outra: ”O Villare é famoso por ter bolas boas, fortes e no canto. O meu time precisava que eu voltasse, além disso, tinha que defender pela garota que eu amo, a Larissa. Queria ser motivo de orgulho”, confessou. Mesmo com a motivação de Smaal e boas defesas, o time perdeu de 21x 13.

A técnica do Villare, Vanessa Marceli, declara que faltou pouco para concorrerem ao ouro: “Treinamos de segunda e quarta, todos juntos, sempre, e as quadras e o ar seco atrapalhou muito os jogadores. Mas mesmo assim, a maioria deles tem uma base muita boa, já jogavam no pré-mirim, e a experiência ajudou muito, foi assim que chegamos até aqui”, contou.

Villare e Gracinha empatam

Por Anna Gabriela Oliveira e Isabela Sarno Taccolini

SDC14096Nessa sexta-feira, os colégios Villare e Nossa Senhora das Graças se enfrentaram na categoria futsal mirim masculino. Disputado, o jogo acabou com empate de 5×5.

O Villare começou a partida deixando claro que iria lutar pela vitória, marcando um gol no segundo minuto do jogo. A defesa e o ataque estavam fortes e bem organizados. Já o Gracinha não se abalou com os gols sofridos e mostrou jogo. O time conseguiu empatar a partida em 3×3, no primeiro tempo.

O segundo tempo começou com os dois times mostrando a mesma vontade do início da partida. O Gracinha prevaleceu no inicio, fazendo seu quarto gol. Nos últimos segundos de jogo, o goleiro do Gracinha fez uma boa defesa, impedindo e vitória do Villare e fazendo com que o jogo terminasse num empate.

Show de imagens: Villare vence Magno no Hand

Por Caio Dib

Hoje, Villare venceu o colégio Magno por 17×10 pelo handebol mirim masculino. Confira as fotos!

Magrão, do Internacional, esteve no InterBand

Por Cláudia Cris, especial para o Blog do InterBand

Magão e seus filhos no InterBandO jogador Magrão (Márcio Rodrigues), atualmente no Internacional de Porto Alegre, esteve no InterBand acompanhando a partida de Basquetebol de seu filho, Matheus, aluno da Escola Villare.

“Como o esporte é muito importante na educação de uma criança, incentivo meu filho a se exercitar”, contou o volante.

Falou ainda que, se não fosse o Futebol, não teria as oporunidades que teve na vida. “Tudo que consegui até hoje foi em decorrência de me destacar como jogador profissional”, finalizou.

Dormir pra quê?

Por Mariana Pereira e Sophia Torres

Os colégios Santi e Villare se enfrentaram no voleibol nesta quinta-feira, 03, na categoria Pré-mirim masculino. As parciais dos jogos foram iguais: 15×7 para Santi nos dois sets – a equipe de imprensa ouviu vários sussurros apavorados quando a última parcial foi determinada e o mesmo número do 1º set confirmado no placar. Superstições a parte, o jogo foi emocionante, principalmente pelos jogadores do Santi que, mesmo com uma baixa estatura lançavam grandes manchetes e toques para o lado da rede do Villare.

Quando perguntado sobre o jogo, o técnico do Santi, Orlando Júnior, afirmou que se surpreendeu com o desempenho de seus alunos e que agora é só comemorar. “Bicho não dorme hoje”, declarou.